Home Sem categoria SUS passa a oferecer ioga, meditação e reiki como tratamentos alternativos

SUS passa a oferecer ioga, meditação e reiki como tratamentos alternativos

84
COMPARTILHAR

Uma portaria do Ministério da Saúde publicada no final de março no Diário Oficial da União inclui novas modalidades de terapia nos serviços promovidos pelo Sistema Único de Saúde, o SUS.

Ao todo, são 14 novas atividades que passam a compor a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, somando-se a terapias como homeopatia, medicina tradicional chinesa e fitoterapia, entre outras.

De acordo com o texto publicado no DOU, um dos objetivos da inclusão das atividades terapêuticas é a valorização dos saberes populares e tradicionais e também das práticas integrativas e complementares às terapias convencionais.

Além disso, o DOU ainda cita que várias categorias de profissionais da saúde já reconhecem essas práticas complementares como abordagem de cuidado, ou seja, essas terapias já são utilizadas como parte do tratamento dos pacientes.

A decisão do Ministério da Saúde segue uma orientação da Organização Mundial da Saúde sobre o incentivo e o fortalecimento dessas práticas complementares dentro dos sistemas nacionais de saúde.

14 novas práticas incorporadas ao SUS

O SUS, que já contava com práticas integrativas e complementares como medicina tradicional chinesa, terapia comunitária, oficina de massagem, auriculoterapia e massoterapia e tratamento termal, passa agora a oferecer mais 14 modalidades de terapia.

Confira quais são as novidades e os principais objetivos de cada uma dessas práticas:

1. Arteterapia

Uso de recursos artísticos ou expressivos como parte do tratamento terapêutico. Envolve a expressão artística do paciente por meio da pintura, modelagem, escultura, poesia, dança e outras formas de arte.

2. Ayurveda

Consiste em uma filosofia média oriental que teve origem na Índia antiga, há milhares de anos. A palavra ayurveda significa o conhecimento, a ciência ou a sabedoria que tem como princípio uma vida saudável, adaptada à ordem da natureza, que tem como meta o alcance da felicidade.

3. Biodança

A biodança, ou dança da vida, é uma prática que promove o autoconhecimento e a comunicação entre as pessoas. Além de trabalhar os movimentos do corpo, essa terapia reforça a identidade e desenvolve os potenciais dos pacientes.

4. Dança Circular

Promove um sentimento de união coletiva e espírito comunitário, ajudando o paciente a tomar consciência do seu corpo e a equilibrar seu emocional. Auxilia a memória e a concentração.


Dicas de Mulher


Deixe seu comentário